inverno, viagens, vinho

Vale dos Vinhedos

Cada dia que passa aumenta em mim a sensação de urgência em conhecer os Brasis que ainda não conheço, e que são muitos.
Neste sentido finalmente dei um “visto” em Bento Gonçalves e no Vale dos Vinhedos, o que não significa que esses destinos estão fora da lista, muito pelo contrário: cinco dias foram suficientes para conhecer apenas o básico e para ficar com mais vontade de voltar para aquelas bandas.

Então o que vão ler por aqui são algumas dicas do que fizemos nesses dias e que recomendamos caso vocês também tenham a região nos seus planos de viagem, mas ainda faltam vários pontos obrigatórios que espero conhecer o mais rápido possível.

Mas antes de mostrar nosso roteiro vou contar a desculpa que arranjei para conhecer a região: a Wine Run, uma corrida de 21km que acontece pelo Vale em um trajeto de tirar o fôlego, em todos os sentidos.

Winerum

Winerum

 

Mas agora vamos falar do que interessa: passeios, vinhos e boa comida!

Chegamos em Porto Alegre e locamos um carro para chegar até o Vale, que fica a 120km da capital.
Fomos direto para o famoso Caminhos de Pedraregião que merece pelo menos 1 dia para se conhecer um pouco melhor.
Por lá fomos à Casa da Ovelha, que como o nome já diz, produz vários queijos, iogurtes e doces com o leite do bichinho. As crianças e os fãs de queijos do tipo (como eu) vão adorar a visita.

Bateu a fome e seguindo umas das várias indicações, paramos no Nona Ludia. O restaurante fica em um lindo casarão de 1880 que serve a típica comida italiana colonial que começa com aquela sopinha divina de Capeletti e vai se estendendo pelas deliciosas polentas fritas, massas e carnes que combinam perfeitamente com o friozinho gaúcho.

Casa da Ovelha

Casa da Ovelha

 

Nona Ludia

Nona Ludia

 

Nona Ludia

Nona Ludia

 

Depois do almoço fomos até Pinto Bandeira (outra região que merece mais tempo para os fãs de vinho) conhecer a Vinícola Cave Geisse, famosa pela qualidade dos seus espumantes.

Cave Geisse

Cave Geisse

 

Hospedamos na Pousada Borguetto Sant’Anna, recomendamos muito para quem quer tranquilidade e boa localização. Fica a 10 minutos do centro de Bento e bem no começo da Rota das Vinícolas. A vista dos quartos é um capítulo a parte.

Pousada Borguetto Sant'Anna

Pousada Borguetto Sant’Anna

 

Pousada Borguetto Sant'Anna

Helena aprovou a cama

 

Pousada Borguetto Sant'Anna

Pousada Borguetto Sant’Anna

 

Conhecemos a  Alma Única, uma vinícola moderna e relativamente pequena, fundada pelos gêmeos Magda e Marcio Brandelli, que estavam lá atendendo pessoalmente todos os visitantes em uma manhã chuvosa de domingo. Fizemos uma degustação de 12 rótulos guiada pelo próprio Marcio. Recomendo muito a visita.

Alma Única

Alma Única

 

Alma Única

Helena no cochilo enquanto a gente degusta

 

IMG_8608

Minha melhor companhia de viagem

 

Da Alma Única fomos direto para o Mamma Gema, uma tratoria bem bacana com uma carta de vinhos idem. Comemos e bebemos muito bem por lá. Essa polentinha aí dá foto estava divina!

Mamma Gema

Mamma Gema

 

Pizzato

Pizzato

 

Outra vínicola que merece a visita é a Pizzatoalém dos vinhos muito conceituados a localização é super privilegiada! Fizemos uma degustação bem divertida por lá também.

bento_14

Deck com vista privilegiada da nossa pousada

 

Outro restaurante que vale a visita é o Di Paolo, que tem um galeto delicioso!

Di Paolo

Di Paolo

 

Valduga

Conhecendo as caves da Valduga

 

Valduga

Aprendendo um bocado sobre vinho com os queridos Jhonatan e Morgana

 

Valduga

Valduga

 

Valduga

Helena escolhendo algumas garrafas

 

Nosso último dia de viagem merecia um post à parte.
Graças a nossa querida amiga Érika Mesquita, que representa a Casa Valduga na nossa região, fizemos uma visita mais que especial nesse lugar que nasceu vínicola, mas que hoje é um lindo complexo de enogastronomia e turismo.
Passamos o dia visitando vinhedos, adegas, e todo o processo de produção na companhia atenciosa e agradável do Jhonatan e da Morgana, que nos contaram detalhes da história dessa tradicional família que já é sinônimo de vinho no Brasil.

remuage

Espumantes na fase de remuage

 

Restaurante Maria Valduga

Restaurante Maria Valduga

 

Vale lembrar que dentro da Vinícola fica o restaurante Maria Valduga, que carrega o nome da matriarca da família e serve um tradicional e delicioso cardápio de delícias italianas.

 

IMG_8599-2

Nossos companheiros de viagem

 

Pra fechar não poderia deixar de agradecer nossos queridos e divertidos companheiros de viagem:
minha irmã Alice, Carla e José.
Vocês fizeram desses dias muito mais divertidos e especiais, que a gente possa fazer esse passeio juntos em breve novamente!

bento_13