Categoria

    eu que fiz

    alice, doces, entradas, eu que fiz, receitas, sobremesas, vegetarianas

    Sem glúten e lactose: Espaguete de abobrinha e pudim de chia

    Na culinária, assim como em tantas outras áreas da nossa vida e sociedade, existem tendências, dietas da moda, ingredientes novos.

    Eu adoro as “modas do bem”, aquelas que nos trazem benefícios, independente de serem passageiras ou de se tornarem rapidamente obsoletas, elas nos serviram pra abrir os horizontes do nosso paladar.

    E pesquisando alimentação funcional, vejo sempre ingredientes com um gigantesco potencial, ou simplesmente formas de se preparar uma simples verdura, e deixá-la com gosto, cheiro e aparência magníficas. E só fazem bem!

    Continue lendo
    alice, ao forno, entradas, eu que fiz, receitas, vegetarianas

    A cozinha da Alice diz: Segunda sem carne!

    Ahhh! Eu detesto levantar bandeiras e falar de coisas polêmicas. De fato acho muito desconfortável qualquer atrito, inclusive com os bichos. Amo todos eles! Menos as baratas.

    Também amo as verduras. Mas não vamos falar sobre isso.

    Hoje a proposta é uma dica, simples e fácil, que já foi adotada por vários países, restaurantes e escolas, que fala de uma única atitude que você pode fazer pra melhorar muito sua saúde e diminuir um impacto ambiental enorme.

    Continue lendo
    acontece, alice, bolos, café, café da manhã, eu que fiz, eventos, fotos, frutas, granola, lanches, mais receitas, morango, pequenas porções, receitas, uberlandia, vegetarianas, vegetariano

    Na cozinha da Alice # 17 – Brunch!

    A gente anda se divertindo muito com nossas experiências gastronômicas. Esse domingo foi um daqueles dias gostosos que ficam na lembrança com uma moldura bem bonita. Fizemos um Brunch no nosso “restaurante secreto” com direito (como disse o Marcel ) a Billie Holliday, taça de espumante, dia de sol, e cheiro de pão, café, flores, amigos, gargalhadas e uma boa dose de comidas inusitadas…

    Continue lendo
    acontece, alice, aperitivos, caldos, curry, entradas, eu que fiz, eventos, uberlandia, vegetarianas, vegetariano

    Na cozinha da Alice # 16 – Jantar afrodisíaco

    Cozinhar é um prazer imensurável pra mim. Receber as pessoas, criar receitas, pesquisar ingredientes, inventar uma atmosfera, e ver a reação das pessoas felizes de barriga sorrindo!!! Ahhh isso não tem preço!

    Já faz tempo que nos apaixonamos pela ideia de restaurantes “clandestinos”, ou chefs que preparam cardápios inusitados para poucas pessoas em suas próprias casas. Existe até mesmo um movimento “anti restaurante” que ganhou fama e virou moda em grandes cidades criadoras de tendências, como Paris e Londres.
    Esses dias entrei (amos) em uma empreitada artística gastronômica. Dia dos namorados, cardápio afrodisíaco e totalmente vegetariano. Confesso que nessa última parte fiquei muito preocupada, porque na minha cidade é uma das campeãs brasileiras em quantidade de churrascarias por habitante. Juntamos nossa fome com a vontade de comer de uma amiga, a Edilene da Gaaya… e assim… começamos com toda explosão criativa nossos jantares. E foi lindo, saboroso e especial!

    A decoração ficou impecável! A Edilene criou ambientes lindíssimos misturando antigo e novo com muitas flores e toda aquela criatividade tão autêntica que só ela sabe fazer.

    Já o menu foi o seguinte:

    Paquera

    (agridoce, levemente picante… pra quem tem coração de manteiga)
    Corações crocantes com chutney de tomate, gengibre e mostarda e manteiga de beterraba

    Primeiro beijo

    (um cupido para o paladar com gosto de novidade que desperta…)
    Espetinho de alecrim, tomate cereja e pupunha
    Amasso
    (tá frio mas a gente esquenta rapidinho!)
    Salada ao cubo com mix de folhas, molho de limão e pesto de pimentão com canela
    Foto Daniel Keiniti
    Preliminar
    (tá ficando quente!)
    Caldo de cambotiá, curry e coco
    Foto Daniel Keiniti
    Kama Sutra
    (enroscado, lambuzado e intenso!)
    Spaghetti de ragu de cogumelos e salsa de pimenta
    Foto Daniel Keiniti
    Segundo round
    (tá pronto?)
    Gratinado de berinjela, amendoim e queijo gorgonzola
    Tira fôlego
    (doce doce quinem o amor)
    Mousse picante de chocolate
    Semifreddo de manga com praliné de pimenta
    Foto Daniel Keiniti
    Foto Daniel Keiniti

    Enfim, saímos de lá todos apaixonados e encalorados. Eu amei a experiência. Acredito que todos nós lá dos bastidores! Então, agradeço muito ajuda da minha mãe, Daniel Keiniti e principalmente ao Marcel e ao meu amor por terem participado com alma e quilos de pratos, a Edilene pela atmosfera tão cheia de paixão e arte. E claro, à todos queridos presentes! Já já tem mais!

    Continue lendo
    doces, eu que fiz, receitas, sobremesas, tortas

    Torta de limão

    Ganhei de presente do Jaime e da Ana o livro “O Doce Brasileiro” da Nestlé, uma coleção de receitas deliciosas, muito bem explicadas e com belas fotos. Essa receita de torta de limão me chamou atenção na primeira folheada. Além de usar poucos ingredientes, é fácil e deliciosa. Então, mão na massa!

    Ingredientes:
    Recheio
    – 1 lata de Leite Moça
    – 4  colheres (sopa) de suco de limão
    – raspas de limão a gosto (eu usei 3 limões)

    Continue lendo
    doces, eu que fiz, receitas, sobremesas, sorvetes, verão

    Sorvete ou frozen ou a mistura dos dois

    Não sei se podemos chamar o que passamos por aqui de inverno, todo dia o termômetro passa dos 30º e a noite o edredom fica bem longe da cama. É nesse clima que a minha sorveteira volta a funcionar com força total!

    Visitando o excelente blog do Diego, o Think Food, vi uma série sobre gelados comestíveis que é indispensável para os que gostam desse tipo de sobremesa.
    O único problema é que não consigo fazer uma receita igual e acabei misturando a do sorvete com a do frozen yogurt e usei também uma geleia de damasco que fiz há um tempo atrás. Então não sei se chamo isso de frozen ou sorvete, o que interessa é que ficou muito bom. 😉

    Continue lendo
    eu que fiz, fácil, peixes, receitas

    Peixe e purê de batata, mas com uma carinha diferente.

    Comida mais bonita também parece mais gostosa, alguém dúvida disso?
    O que acontece é que normalmente pensamos que pra fazer um prato diferente e mais bacana do que o convencional precisamos de ingredientes caros e técnicas muito apuradas, claro que alguns ingredientes e experiência ajudam também, mas é possível mudar a cara do que levamos até à mesa no dia a dia sem muito trabalho.

    Continue lendo
    eu que fiz, massas, molhos, receitas, vegetarianas

    Penne ao molho de azeitona preta

    No sábado que passei o dia enchendo meus potes vazios com geleias, molhos e similares também fiz esse pesto, ou pasta, ou molho…rs
    Na verdade, fiz pensando no pesto tradicional, mas como os ingredientes são diferentes, preferi chamar de molho pra não contrariar os mais tradicionais 😉
    A consistência é bem parecida e o sabor concentrado também, mas o que importa sobre essa mistura é a versatilidade: use com uma boa massa, como molho para carnes e até como patê para acompanhar um pãozinho.

    Continue lendo
    café da manhã, doces, eu que fiz, geléia, receitas

    Geléias e o fim dos potes vazios

    Há pouco tempo peguei uma nova mania, guardar potes e recipientes de vidro. Acho que começou quando tivemos que comprar algumas papinhas para o Luca, achei que aqueles potinhos de vidro seriam ótimos para guardar meus temperos. Depois foram as garrafas de azeite, potes de geleia, palmito, azeitona, etc..

    Dia desses fui a dispensa e vi que o estoque de potinhos começou a crescer e já comecei a pensar no que fazer com todos eles, o resultado: um sábado inteiro na cozinha fazendo geleias, pesto, chutneys…

    Continue lendo
    ao forno, aves, eu que fiz, molhos, prato único, receitas

    Frango com legumes ao forno e chutney de tomate

    Sou meio resistente ao peito de frango, no “ranking de sabor”, acho que ele está bem próximo do isopor e daquela pipoca doce do saquinho rosa.
    Por outro lado gosto muito de misturar um monte de legumes com coxas e sobrecoxas, colocar dentro de uma forma e assar. Um prato único bem fácil de preparar.

    Nessa receita acrescentei o chutney de tomate que fiz no final de semana, é bem parecida com a do chutney de manga, mas aqui é preciso de um pouco mais de açúcar para chegar ao equilíbrio agridoce que o molho pede. De qualquer forma, sugiro que você vá testando as quantidades, principalmente da pimenta.

    Continue lendo